Balanço do Python Bug Weekend

7

Neste último fim de semana aconteceu o Python Bug Weekend. Um evento onde toda a comunidade de Python se organizou pela internet para atacar a lista de bugs e levar o Python para um próximo nível com a release 3.2.

Nos reunimos no Googleplex em São Paulo, onde nos juntamos à toda a comunidade via IRC nos canais #python-br e #python-dev. Nosso time era composto por: Eu, Bruno Gola, Érico Andrei, Mauro Baraldi, Rodolpho Eckhardt e Rodrigo Pimentel.

Foi um fim de semana muito divertido! A palavra de ordem foi colaboração. Desta forma, ajudamos alguns patches a percorrerem a última milha; Desembaraçamos a documentação da biblioteca datetime que pertence à standard library; Criamos testes para uma nova feature referente à generators, entre outras coisas. O Rodolpho está blogando sobre cada uma dessas aventuras.

Além disso, tivemos algumas surpresas sensacionais.

Meu amigo Savio Sena, que andava sumido, ressurgiu na rede e chegou atacando um bug da smtplib.

A turma do NSI-IFF de Campos teve uma participação exemplar! Depois de organizarem uma PythonCampus espetacular, eles descobriram que aconteceria o Python Bug Weekend e rapidamente formaram um time para participar da festa. Acompanhei abobalhado pelo Twitter as contribuições dessa galera. Totalmente excelente!

Como vocês podem ver, participar do Python Bug Weekend é garantia de integração à comunidade, diversão e aprendizado sobre todo o ecossistema Python. Este tipo de atividade não trata simplesmente da sua capacidade de resolver bugs, mas sim da sua disposição e desprendimento em oferecer um pouco do seu tempo e da sua curiosidade à um projeto que você acredite ser importante.

Se você não pôde participar, não perca o próximo! E se você não quiser esperar, reúna um grupo de amigos e ataquem a lista de bugs. Para aqueles que estão começando, vejam como se preparar e comecem se divertindo com bugs mais simples. Happy hacking!

[]’s!

você pode gostar também