O dia-à-dia de um Desenvolvedor Ninja

A publicação da vaga para Desenvolvedor Ninja tem dado o que falar por aqui. Temos recebido algumas respostas bem relevantes. Parece que começamos nossa busca com o pé direito. No entanto, alguns candidatos ao clã estão perguntado mais detalhes sobre nossas Missões Ninja.
É difícil definir um padrão para esse tipo de trabalho. Mas recentemente, um de nossos Ninjas, especializado em Linux concluiu uma missão bem interessante.
Com pouca experiência com a Plataforma Win32, ele criou um componente COM, estendendo um componente oferecido pelo Windows para melhorar e simplificar a interação com o Powerbuilder. Suas armas foram:

  1. Milhares de tabs do Firefox com a documentação do MSDN.
  2. VIM como editor de texto para atender seu requinte masoquista.
  3. GCC para compilar o código escrito no Linux para Windows.
  4. O código fonte do Wine 1.0 para compreender melhor a relação entre alguns elementos da arquitetura COM.
  5. Templates em C++ para simplificar o código e evitar repetições.

Mesmo com armas um tanto inusitadas, a chave do sucesso foi a técnica. Sua consciência de que ele não dominava a plataforma o levou a adotar abordagens mais conservadoras e seguras na hora de criar o código. Resultado: Missão cumprida!

COMPARTILHE ESTE ARTIGO

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Uma resposta

  1. Pingback: Como remover tinta permanente de quadros brancos. | Henrique Bastos.NET

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *