EP #14: Por que tá Todo Mundo Querendo Aprender Python?

Você já reparou que tá todo mundo querendo aprender #Python nos últimos anos?
Todos os anos, a galera do Stack Overflow lança uma pesquisa para entender melhor a comunidade de desenvolvedores, este ano não foi diferente, em janeiro rolou uma pesquisa gigantesca, com mais de 100.000 participantes e analisando os resultados da pesquisa, percebemos que:
1) O Python subiu mais uma vez nos rankings das linguagens de programação, superando a popularidade do C# e do PHP (sendo considerada uma das linguagens que mais cresce no mercado);
2) A maioria dos desenvolvedores que ainda não usam Python querem aprender, o que faz com que a linguagem se torne a mais procurada pelos entrevistados, obtendo 25.1% dos votos e sendo seguida pelo JavaScript (19%) e Go (16,2%).
Além disso, a pesquisa também confirmou algo que todo mundo já sabia: o Python é uma das linguagens mais amadas da atualidade!
– Mas será que essa febre toda é só um modismo passageiro ou tem algo mais ai?
– Vale a pena pra um desenvolvedor experiente estudar a linguagem?
– O Python é realmente uma boa pra quem tá começando?
– É possível ganhar dinheiro com Python?
Chegou a hora de acabar com todas essas dúvidas e entender “porque todo mundo tá querendo aprender Python”, neste bate papo!
É só dar o play e conferir!

Podcast Curto Circuito Episódio 14 – Escute agora:

https://soundcloud.com/curtopodcast/ep-0014-por-que-ta-todo-mundo-querendo-aprender-python
[ download ]
Depois de escutar, não esquece de compartilhar com a gente o que você achou deste bate papo e quais temas você gostaria de ver nas próximas edições. Vou esperar seu comentário ai embaixo, blz?

Ficha Técnica:

  • Participantes:

Moacir Moda, Guto, Henrique Bastos e Elisandro

  • Edição: 

Jefferson Guimarães
 

Participe do #CurtoCircuito:

Se você gostou deste podcast e quer participar ao vivo das próximas edições, se inscreva no formulário abaixo:
[mc4wp_form id=”2198″]
 

COMPARTILHE ESTE ARTIGO

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *