5 formas de aprender inglês e deslanchar sua carreira na gringa

Você já parou para pensar quanta grana você tá deixando na mesa por não falar inglês? Quando você sabe se virar na língua de Shakespeare, consegue acessar o mercado global – ler as documentações, ter acesso a artigos do mundo inteiro e  a vagas que pagam em dólar, euro e outras moedas que nos deixam feliz na hora da conversão. E eu não tô falando só de países de língua inglesa. Em lugares como Alemanha e Holanda, a inglês também pode te abrir portas.

Pensando na importância desse tema, fizemos uma hacktalk. Convidei uma galera que manja muito desse assunto para nos dar o caminho das pedras. Desse papo, tiramos 5 dicas para você se desenvolver no idioma da terra do Tio Sam.

1)   Encontre alguém para conversar e te corrigir

Pra ganhar confiança e aprimorar seu inglês, é importante interagir com alguém que fale esse idioma. Mas não é só bater papo. Peça pra outra pessoa te dar feedback e te interromper se você estiver falando algo errado.

Como o André disse na live, você tem que vencer a vergonha e meter as caras. Se não conhece ninguém que fale inglês, há sites na internet nos quais você pode encontrar pessoas para conversar na língua inglesa. Na conversa, a galera deu várias indicações.

Como bem ressaltou o Rafael, você dá um salto de aprendizagem no seu inglês, quando você se comunica. Isso acontece, porque a medida que você vai se soltando, consegue identificar melhor suas dificuldades para focar nelas. Isso, no médio prazo, vai te dando mais segurança.

2)   Traduza textos que você gosta

Uma forma de aumentar o seu vocabulário é traduzir textos para o português. Você pode usar letras de músicas, livros, artigos técnicos da área, explorar bibliotecas e documentações, entre outros. Mas não confunda ser autodidata com ser solitário-didata. Sempre que fizer uma tradução peça pra alguém dar uma olhada para te dar um feedback de como melhorar.

Uma outra dica interessante que o Rafael deu é trocar o idioma do computador e do celular. Isso vai te ajudar a estar em contato diário e constante com o inglês. Com o tempo, você vai se acostumar tanto que nem vai lembrar como são as palavras em português.

3)   Imite pessoas famosas

Outra dica interessante para melhorar o seu inglês é imitar pessoas famosas. Por exemplo, quando você estiver assistindo uma série e vir uma fala bacana, pare e repita o que ouviu.

Outra forma de fazer isso é decorar músicas que você curte em inglês. Esse tipo de exercício vai te ajudar a entender como a língua funciona no dia a dia, com as gírias e as expressões idiomáticas.

Um toque legal que o Christopher deu foi ouvir podcasts em inglês. Ele sugeriu dois: “Inglês Online” e “Inglês Nu e Cru”. Eles vão te ajudar a melhorar a pronúncia das palavras e a ganhar fluência também de escuta.

4)   Foque nas palavras que mais se repetem

Para se comunicar bem em inglês, você não precisa dominar todo o vocabulário da língua. Um exercício simples é pegar um livro qualquer em inglês. Daí, você cria um script que extrai o texto do PDF pra .txt. Então, você quebra tudo por espaço e conta quantas vezes uma palavra acontece e estuda no dicionário apenas as 100 palavras que mais ocorrem naquele texto.

Vale lembrar que aprender não é ler livro. Aprender exige método, exige organização, exige compreensão do que você tá tentando fazer. É importante também ter um foco. Isso vai te ajudar a se manter motivado, a enxergar sua evolução e melhorar seu inglês.

5)   Saia da zona de conforto

Você tem que criar as condições para te tirar da zona de conforto, para te colocar em risco. Você só vai aprender aquilo que você quer na prática. O Augusto foi certeiro quando ele disse que você só vai saber se seu nível de inglês é suficiente para conseguir um trampo na gringa, se você aplicar para uma vaga.

Vale lembrar que Inglês é só um software. É uma camada de interoperabilidade. Você não precisa ser o Shakespeare. Você precisa se fazer entender e entender o outro.  

Uma boa forma de saber se você dá conta de fazer isso é tentar participar de entrevistas por Skype com empresas estrangeiras. O que os caras querem é alguém pra programar e para resolver o problema deles. Eles não tão buscando um professor de inglês.

 

>>>Cola com a gente para melhorar o seu inglês

Esse texto é só um resumo do que rolou na conversa. A galera deu muito mais dicas preciosas para quem tá querendo melhorar seu inglês e parar de perder oportunidades de fazer dinheiro no exterior.

Por isso, vale a pena assistir a hacktlak inteira. Na descrição do vídeo, tem o contato de todo mundo que participou para você poder trocar uma ideia depois.

E se você gostou do tema, está afiado no inglês e quer descobrir como descolar um trampo legal na gringa ou em qualquer lugar, clique aqui e conheça o Contrate-se! 


Photo by Tim Mossholder on Unsplash

COMPARTILHE ESTE ARTIGO

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *