Hacktalk: Como descolar o seu emprego de programador na Gringolândia

0

O fato da gente da gente trabalhar com computador e internet, em algum momento faz a gente pensar em como seria trabalhar em outro país ou para empresas estrangeiras.

A menos que você seja diferente e receba um convite, o processo de cavar oportunidades e fazer essa mudança é cheio de pegadinhas.

Como esse é um assunto que tem aparecido muito entre a galera do Welcome to the Django, nesta quinta-feira às 21h vai rolar a Hacktalk “Como descolar o seu emprego de programador na Gringolândia!” – onde vamos bater um papo ao vivo e gratuito com uma galera fera e cheia de experiências sobre o trabalho fora do Brasil ou para empresas estrangeiras.

Nós vamos falar sobre barreiras de imigração, surpresas com as leis gringas, como receber grana de fora, processo de contratação, tipos de contrato e muito mais.

Durante as hacktalks, a interação é tão grande que às vezes não conseguimos responder todas as perguntas que vão sendo feitas em tempo real… A galera vai se empolgando, vão surgindo novas dúvidas, novas histórias e algumas questões acabam se perdendo nas conversas do chat.

Por isso, nesta edição, eu quero fazer diferente!

Eu quero que você me ajude a conduzir o bate papo! Quero saber quais são os seus desejos, quais são os seus medos, quero saber o que você pensa sobre o trabalho do programador na Gringolândia – tudo isso para garantir que os convidados desta hacktalk consigam ajudar você a colocar a sua carreira no rumo que sempre quis, seja aqui no Brasil ou no exterior.

Então preencha o formulário abaixo com seu nome, email e a pergunta (pode fazer quantas você quiser), vai ser muito massa contar com a sua participação neste evento.

 

Se por algum motivo, nesta quinta às 21h você não puder participar do evento, não se preocupe. Eu prometo tentar responder a sua pergunta da melhor forma possível e enviar a gravação da live no outro dia para você. Basta você deixar seu e-mail que eu mando tudo para você.

Abração, HB!

 

você pode gostar também