Autonomia & Tecnologia

Balanço da PythonNordeste 2013

5

Eu participo de eventos principalmente para conhecer pessoas. Sei que um evento foi bom, quando volto para casa e preciso de alguns dias para assentar as ideias e refletir sobre as discussões e aprendizados. A PythonNordeste me exigiu uma semana!

A galera

O evento foi intenso e integrador, reunindo muita gente diferente, de diferentes regiões.

Reencontrei pythonistas das antigas, conheci profissionais experientes em outras tecnologias, estudantes querendo descobrir o que fazer da vida, zootecnistas buscando soluções em software, empresários do mercado de TI, sysadmins e especialistas em segurança que usam Python como arma secreta, professores universitários querendo engajar seus alunos, e pessoas que estavam ali só acompanhando alguém, mas acabaram se integrando facilmente nas conversas.

Além disso, tive o prazer de conhecer pessoalmente ex-alunos do Welcome to the Django e alunos que já estão inscritos para a próxima turma de Julho. Essa é sem dúvidas a melhor parte de dar aula.

Apesar do Nordeste no nome do evento, foi sensacional encontrar gente do país inteiro. Os amigos da Bahia vieram em massa, mas senti falta de figuras como o Guto Maia e o Rafael Miranda. A galera do Rio também veio em bando.

Os destaques foram os 3 mosqueteiros do Maranhão: Rael Max, Herson Leite e Helton Alves. Tem alguma coisa especial na água que o povo bebe por aquelas bandas. Não tem tempo ruim, é só alegria e diversão. Mal posso esperar para participar da inauguração do PUG-MA Hackerclube que eles já estão montando por lá ainda esse ano.

Palestras

O evento teve muitas palestras interessantes e vale a pena dar uma olhada nos slides. Em especial, teve o Marcelo Melo falando de Raspberry Pi, o Rodrigo Senra dando um show à parte sobre depuradores, o Diego Dukão apresentando o Kivy, e o Fernando Masanori compartilhando sua experiência no ensino de programação para crianças e jovens.

Eu falei sobre ecossistemas, buscando evidenciar a importância de uma comunidade forte e compartilhando algumas dicas de como cada um poderia hackear as dificuldades do dia-a-dia para sair da zona de conforto e participar ativamente da construção do seu ecossistema local.

A diversão ficou completa com as palestras relâmpago. Esse é sempre um dos melhores momentos de qualquer conferência.

Os pontos altos foram “Convertendo coleções em Python para XML” que no final foi sabotada pelo teclado do Mac, “Integrando Kivy com Voip” onde a turma de Natal rascunhou uma interface interativa para central telefônica, e por último e mais engraçado os trolladores do Maranhão mostraram que “Marco Feliciano não nos representa”. Foi hilário!

#Horaextras

Como todo bom evento, a turma dormiu pouco, se dividindo entre palestras e bares. Fortaleza tem ambientes sensacionais para reunir os amigos. Fomos à vários lugares, incluindo a Praia do Futuro e o Boteco da Praia.

Praia do Futuro

Porém, os dois lugares mais acessíveis e divertidos foram: o Bar Assis e o At Home que é uma república com um bar na garagem onde rola Rock’n Roll de qualidade a noite toda.

#Horaextra no Assis

Se você vai organizar um evento em Fortaleza, nem pense duas vezes, reserve logo uma mesa grande no Assis e feche a noite no At Home.

Conclusão

A PythonNordeste já deixou saudades. Os organizadores mostraram na prática que fazer um grande evento vale mais do que fazer um evento grande.

Parabéns, rapaziada! Nos vemos logo mais na PythonBrasil 2013 em Brasília e na PythonNordeste 2014 em Recife.

[]’s, HB!

você pode gostar também
  • Ótimo artigo! Infelizmente não pude ir. e um oportunidade tão arara aqui em Fortaleza :/ Enfim, na próxima eu vou! 😀

  • Felipe Martins

    Ótimo artigo! Infelizmente não pude ir. e um oportunidade tão arara aqui em Fortaleza :/ Enfim, na próxima eu vou! 😀

  • Rodrigo Amaral

    O evento realmente superou as expectativas. Sempre muito bom rever os amigos pythonistas e fazer novos amigos. Cada oportunidade dessas vale MESES da chamada “educação formal”. Networking com essa galera não tem preço! Valeu pela presença e contribuição, Henrique! Até as próximas!

  • Rodrigo Amaral

    O evento realmente superou as expectativas. Sempre muito bom rever os amigos pythonistas e fazer novos amigos. Cada oportunidade dessas vale MESES da chamada “educação formal”. Networking com essa galera não tem preço! Valeu pela presença e contribuição, Henrique! Até as próximas!

  • Rodrigo Amaral

    O evento realmente superou as expectativas. Sempre muito bom rever os amigos pythonistas e fazer novos amigos. Cada oportunidade dessas vale MESES da chamada “educação formal”. Networking com essa galera não tem preço! Valeu pela presença e contribuição, Henrique! Até as próximas!